quinta-feira, 21 de abril de 2011

ViDa GaY - Tipos de Gays


Quantas e quantas vezes você já deve ter ouvido:
-Gay é tudo igual!
-Todo gay é depravado!
-Gays não tem Deus no coração!
Pois é amigos, são frases que iremos escutar por décadas, séculos...ainda...tudo por falta de conhecimento em princípio e outros motivos mais que, prefiro nem comentar.
Mas, não entrando em questão política ou religiosa desta vez...
Quem disse que todo gay é igual?

Bears: um dos tipos mais comuns. o bear basicamente é o gay mais peludo. Pode ser gordo ou não. Os mais gordos podem também ser chamados de Chubs.

Daddy: gays mais velhos. E ainda se forem peludos são chamados daddy bears.

Barbies: gay musculoso, bombado. Seu lugar preferido é a academia.

Bofe: gay ativo(geralmente mas, alguns curtem um troca-troca básico)

Tricha: este tipo de gay é muito comum também. É aquele que você olha e tá escrito na testa: Eu sou gay, e daí? Alguns desses são bem escandalosos e podem estragar sua festa mas também existem os que se dão ao respeito e mesmo sendo hiper ultra mega blaster power afeminados, sabem ser finos.

Bofeca: tem jeito de bofe, uma cara de macho mas no seu íntimo ele é uma pessoa "ativamente passiva"(tá cheio desses por aí).

Trave, traveco, travesti: gay que nasceu com alma feminina ao extremo. Começam a usar roupas femininas desde criança ou adolescência. Quando se definem como travestis podem vir a usar hormônios femininos dentre outras ações para tentar tornar-se uma mulher.

Drag-queens: em seu dia-dia são homens comuns, podem ser gays ou não. Vestem -se com inúmeros adereços e roupas espalhafatosas apenas para fazerem shows ou serem recepcionistas/apresentadores de eventos de todo tipo. As drag queens são talvez o grupo homossexual mais respeitado devido ao seu trabalho de entretenimento e diversão para qualquer público.

Marginal: pode ser de qualquer tipo físico ou classe social.Geralmente este indivíduo entrega-se ao mundo das drogas e do álcool. Não tem pudores e nem limites. Faz o que der vontade sem se importar com nada nem ninguém.Auto-destrutivo.

Incubados: reprimem sua sexualidade por causa da família ou religião. Grande parte deles são casados e quando podem dão suas escapadas em busca de aventuras com outros homens. São mais comuns do que muitas mulheres podem imaginar.

Homofóbicos: por incrível que pareça existem gays que pregam a violência e o preconceito contra o seu semelhante.Dá pra acreditar? Infelizmente existem muitos.Em sua maioria são incubados loucos para sair do armário.

Nova geração: diz-se de todo gay que está na pré- adolescência, se descobrindo sexualmente. Ou como diria meu namorado Johnny: "tá na escolinha".

Sadomasoquista: Fiel seguidor do lema; um tapinha não dói. Em sua mochila/bolsa podem ser encontrados chicotes, vendas, cordas e outros objetos sexuais para um prazer mais "hardcore".

Fetichista: sempre uma surpresa na hora de se vestir ou praticar o ato sexual. Usa de toda imaginação para realizar suas fantasias. Incluem-se aí os adeptos de fist fucking, chuva dourada, etc.

Trucosa: frequenta missas ou pregações evangélicas. Fala de boca cheia que não é mais gay, que nunca foi gay, que abomina este tipo de coisa, que se libertou disso e etc mas quando não está perto de conhecidos...libera geral! Já conheci muitos assim...aff.

Teen: adolescente ou já maior de 18 anos com rosto e corpo joviais.

Voyer: Sente prazer em observar.

Exibicionista: Sente prazer em mostrar-se.

Pansexual: Transa com o que estiver na frente. Cuidado, não deixe ele levar o pé de alface no quarto. E também fique de olho no seu cachorro.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, Jesus...que medooo!
Bom, realmente estes são tipos comuns mas é claro que podem ter outras inúmeras classificações de acordo com vários fatores mas isto daria um livro então, melhor ir parando. Podem misturar todos estes citados também em uma só pessoa ao longo da vida. Por que não?Viva a diversidade(!?)

QUÁ-QUÁ: Desde criança já dava pinta. Brincava mais com as meninas do que com os meninos, de boneca e casinha. É comum ser confundido com meninas, por causa da sua aparência feminilizada. Usa roupas apertadas e coloridas. É alegre e extrovertido, mas secretamente chora e sofre por amores não correspondidos. 100% passivo.

FINA: Costuma dar festas maravilhosas na sua cobertura, viaja todo ano para o exterior, anda de chinelo Havaianas,frequenta a alta roda. Luxo! Glamour!

FASHIONISTA: Adora o Fashion Week, não perde um desfile, veste roupas de estilistas, venera a Gisele Bundchen, vai a Camden Town pelo menos uma vez na vida. São formadores de opinião,lançam moda e estão na vanguarda, mas a maioria é superficial e só pensa em aparência. 

MODERNINHO: Tem visual transado, curte música eletrônica e 
alternativa e é bem informado. Geralmente não é efeminado. 

SUBURBANA: Faz a sombrancelha, tinge o cabelo (faz luzes), anda com mulheres e costuma dar muita pinta!

MIDIÁTICA: Faz de tudo para ser famoso - mesmo que não tenha méritos para isso. Se rola um relâmpago faz pose achando que é flash. 

ZEN: Hippie por natureza, adora incenso, fuma maconha, faz meditação, tem cristais em casa, lê livros esotéricos e de auto-ajuda e já fez mapa astral. 

ATIVISTA: Assumido perante a sociedade, encoraja todos a saírem do armário como ele fez. Muitos escrevem para revistas e sites, fundam ONGs ou lutam pelos direitos dos homossexuais de algum outro modo. 

BOFÃO: É bonito e másculo. Totalmente ativo. Maioria não é assumido, 
muitos tem namorada ou são casados.

CULTO: Sensível, inteligente, refinado, lê vários jornais e livros, fala mais de uma língua, é ligado em artes, sabe de tudo um pouco. 

DROGADA: Álcool,pó,bala,doce,ky,viagra,benflogin, pedra…Elas querem é mais! 

BICHA BURRA: Ouve rádio pop FM, assiste novela, adora Madonna e Britney Spears, não consegue ouvir Mariah Carey sem cantar junto (pronunciando tudo errado, é claro). Às vezes pensa em ser travesti. 

CAIU DO TREM: Cafona ao extremo, usa umas roupas que não tem nada-a- ver. Quando você vê um na rua se pergunta "de onde

JURA QUE É BOFE: Tenta disfarçar de todos os jeitos,mas não adianta, o bichômetro acusa… Todo mundo sabe que ele é gay, mas fingem que não sabem para não constrangê-lo. 

AFETADO: Fresco, excêntrico, mimado, blasé,antipático. Acha tudo fora do seu mundinho cafona. 

PEGATRIX:
 Gosta de ficar com pelo menos 5 caras diferentes numa festa. Mexe com outros caras na rua.Também conhecido como rodada. 

MUITO FRANCA: Polêmica e odiosa, não tem papas na língua e diz o que pensa, mesmo que seja para xoxar alguém. Tem muitos inimigos. Sente um certo prazer em armar barracos. 

SISI: Se acha o tal. Adora se olhar no espelho e exibir seu corpo sarado. Pode estar fazendo o maior frio, mesmo assim ele arruma um jeito de tirar a camisa. 

COMPLICADA: Tem grandes crises existenciais, se sente incompreendido, é inseguro, escreve poemas, ouve bandas deprê, tem conflitos internos, pensa em se matar. 

MONÓGAMO: Tem namorado fixo, relacionamentosduradouros e é fiel. Este é o tipo mais raro… 

ENRUSTIDO: Tem fantasias sexuais com outros homens;alguns chegam a experimentar,mas a maioria não tem coragem e trava,fica só na fantasia mesmo. 

INCUBADO: É o tipo mais comum. Muitos casam e tem filhos, não deixam a menor suspeita que gostam de homens, e passam a vida inteira levando uma vida dupla. Sair do armário não está nos seus planos. Tem 
muita gente por aí que escondida faz coisas que até o diabo duvida… Pode ser aquele seu primo casado cheio de filhos, pode ser o seu avô, pode ser o seu chefe. (oops!) 

BICHA CHATA: Politicamente correta, fica irritada com textos como este. ( KKKKKKKK)

BOIOLA: É um viado mais moderno. Pratica surf, aeróbica, vive com óculos na testa, finge que namora a coleguinha de turma, freqüenta pagode mas, no fim da noite, dá uma passadinha no Bingo prá botar a "cartela" em dia. 

VIADO: Esse é o mais antigo e tradicional de todos. Fala com voz desafinada e a língua entre os dentes, costuma virar os olhos enquanto fala e desmunheca sempre. Tem cinco variações: viadinho, viadaço, viadão, viado-filho-da-puta e o mais antigo e tradicional deles: o viado velho (ver Pederasta, adiante).

BICHA: É um viado mais rampeiro que existe, daqueles que fedem a mijo e usam calça corsário com tamanco. Suas duas variações mais conhecidas são: bicha-louca, que é um misto de viado com maluco, e bicha-nojenta, que é aquele que trabalha com a gente. 

GAY: É o viado metido a intelectual, alegre, mas que dá o rabo igualzinho aos demais. Só que com mais criatividade. Fala de sexo anal o tempo todo e costuma pregar que buc... só tem fama; bom mesmo é c... 

BONECA: É a mais fêmea dos viados; a que gostaria de ser chamada de "viada", por ser no feminino. Na realidade, ela se acha a própria me-ni-na e sonha com casamento. O único problema é que, como toda boneca, tem sempre a bunda malfeita. 

FRUTA: É aquele viadinho meigo, frágil, branquinho, pálido, com gestos graciosos e delicados. Geralmente é ou foi criado pela vovó, jogando bola-de-gude no carpete ou na pior das hipóteses é aquela "filha" que a mãe não pode ter e foi criado usando camisolinha rosa e laço de fita no cabelo desde pequeno. Geralmente só dá o rabo mediante solicitação, pois é extremamente tímido. 

BAITOLA: É a bicha nordestina. Normalmente, é um fio-duma-égua bem abestado que nasceu florzinha e se mandou pro Sul Maravilha (Rio ou São Paulo, onde sempre cabe mais um, não precisa nem Rexona) pra fazer saliência bem longe da família, senão o pai mata de porrada. 

PEDERASTAÉ um viado em desuso. Teve sua vez na época dos grandes bailes do Municipal. Hoje, a bunda murchou, apareceram as varizes, virou um lixo!! 

HOMOSSEXUAL: É o viado discreto, enrustido. Em geral, é rico e se casa para camuflar suas atividades. Paga bem e pede discrição. Freqüenta muito o proctologista e é capaz de trair a mulher com o próprio cunhado garotão, em troca de emprestar o carro. Às vezes, sofre de crise existencial e cai em depressão. Mas nunca se arrepende. Aí, também já é pedir demais, né, santa? 

MEIGO: É o viado que você nunca tem certeza de que realmente ele é viado. Você desconfia pelos seus gestos e trejeitos, porém se você souber que ele não é viado, você não iria ficar tão decepcionado. Ele deixa dúvidas. Quando você acha que um cara é meio viado mas não tem certeza, chame ele de MEIGO que é a abreviatura de MeioGay.

COLÍRIO: Esse é o viado que ninguém imagina que ele é viado. Fala como homem, se veste como homem, anda como homem, coça o saco, pode ser casado e até ter filhos, compra a revista Playboy e comenta "Meu Deus que mulher gostosa", costuma ser inflexível quanto a odiar os homosexuais e se fosse possível mandaria matar todos sob tortura (pode ser uma maneira de eliminação da concorrência através de uma ação inconsciente). Chama-se COLÍRIO, porque se aparecer uma oportunidade de se relacionar com outro homem sem que ninguém sabia, ele vai pra cama, dá tanto o rabo que tem que passar colírio (Moura Brasil ou similar) no olho do c..., de tão ardido que fica. Dizem que quando o colírio (Moura Brasil ou similar) é pingado no anel de couro ainda quante, chega a fazer TZZZZZZZZ, e a bicha abre logo uma cerveja. Quando você quer chamar alguém de viado e não quer que ele nem desconfie, diga assim, "Esse aí tem cara de quem usa COLÍRIO!"

Observação final: Crossdresseres nem devem ser (talvez, sei lá) incluídos como gênero gay pois apesar de se vestirem com trajes femininos, em sua maioria não tem desejos homossexuais.
Simples né?


Pow, se falamos dos tipos de sapas, porque não falar tambéms dos bofes?? hehe
Ta aê, encontrei uma postagem exclusiva "bofaiada" hehe... ||||||

Um comentário:

  1. GAROTO DE BRINCO: ENRUSTIDO / ENCUBADO / CAMUFLADO / CHOCOLATE ???

    PRIMEIRO VEM O BRINQUINHO / DEPOIS FAZER UMA TATUAGEM / DEPOIS UM CORTE ESTILO MOICANO OU CHIC INDIE OU REPICADO ASSIMETRICO / DEPOIS DEPILAÇÃO / DEPOIS USAR CALÇA SKINNY / DEPOIS DAR O CUUUUUUU .... (Não necessariamente nesta ordem !!!)

    http://tvfoco.pop.com.br/wp-content/uploads/2011/08/cats.jpg

    ResponderExcluir